A Espria cria uma plataforma composable para oferecer transformação digital

Soluções de saúde mais flexíveis, pessoais e eficazes

A Espria é um dos maiores provedores de serviços de saúde na Holanda. Ela opera com sete marcas, cada uma oferecendo uma especialidade de saúde e compartilhando todos os serviços comerciais compartilhados da Espria, incluindo a TI.

Como as organizações de saúde em muitos países desenvolvidos, a Espria está passando por um período de grande transformação. Ela quer prestar serviços de saúde mais perto de seus usuários, levando muitas interações não emergenciais de um ambiente de assistência à saúde para a comunidade.

Parte de sua missão é fortalecer a resiliência e a autossuficiência “para apoiar o desejo de uma pessoa de permanecer totalmente independente o máximo de tempo possível”. Isso requer que o negócio seja mais flexível, ágil e pessoal. A transformação digital está no centro dessa mudança. A Espria quer que os dados dos pacientes sejam usados de forma mais eficaz e quer permitir que sua equipe seja móvel em sua maneira de trabalhar.

“A transformação digital é o nosso maior desafio”, afirma Jeroen Ensink, responsável pela arquitetura de TI, Espria. “Tradicionalmente, a TI da área da saúde tem uma mentalidade conservadora — temos muitas questões de segurança, regulatórias e jurídicas a serem consideradas. Porém, a Espria é uma organização exigente, tanto em termos de ambições quanto de eficiência operacional.”

Simplicidade e planejamento de longo prazo

Uma infraestrutura composable flexível e eficiente é essencial para apoiar essa transformação. Como uma organização sem fins lucrativos e com orçamento limitado, a estratégia de TI da Espria favorece a simplicidade, a eficiência de custos e o planejamento de longo prazo.

“Os custos são uma consideração essencial”, diz Ensink. “Você pode ter uma visão maravilhosa, mas sem o orçamento para financiá-la, a visão não é nada.”

A organização enfrentou um problema com seu ambiente de blade. Usuária de longo prazo das soluções Hewlett Packard Enterprise, a Espria tinha um ambiente de data center tradicional e controlado por silo. A equipe de TI estava satisfeita com o desempenho do chassi HPE BladeSystem c7000, mas estava procurando uma infraestrutura pronta para o futuro com uma solução que pudesse acompanhar as demandas de negócios. A equipe estava preocupada com os recursos necessários para gerenciar o ambiente existente. Além disso, a Espria queria controlar os custos crescentes das licenças.

“Temos uma equipe de 100 pessoas gerenciando a infraestrutura de TI para 17.000 funcionários”, explica Ensink. “Temos que maximizar sua eficácia.

Não tivemos problemas com o desempenho ou a utilização de recursos com o HPE c7000, mas o ambiente se tornou muito complexo para gerenciar e não estava ajudando nossos custos. Devido às políticas em mudança para VMware®, Microsoft® e Citrix®, e à escala em que operamos, estávamos muito conscientes do número de núcleos e processadores que precisávamos para suportar essas licenças.”

Jornada para infraestrutura composable definida por software

Na área de saúde, diz Ensink, a estabilidade supera o risco. Isso significa que a Espria nem sempre está na vanguarda da tecnologia de TI; ela tende a favorecer a evolução sobre a revolução.

“Os c7000s eram muito mais que confiáveis. O que vimos com a HPE Synergy Composable Infrastructure foi uma evolução natural. Não houve risco”, diz Ensink. “O caso de negócios da HPE Synergy era óbvio.”

Cada um dos dois data centers da Espria inclui o HPE Synergy, junto com o HPE OneView, para gerenciar todo o ambiente. O HPE Synergy fornece uma nuvem privada de infraestrutura composable que une aplicativos tradicionais e em nuvem na segurança de seu próprio data center. A poderosa solução definida por software permite que a Espria gerencie sua infraestrutura como código, implantando recursos de TI rapidamente e para qualquer carga de trabalho.

“Estamos fazendo a transição para uma infraestrutura definida por software”, diz Ensink, “e o HPE Composable Infrastructure, fornecido por meio do HPE Synergy, apresentou o melhor ajuste de todas as soluções disponíveis.”

Além disso, o HPE OneView oferece uma abordagem programática e definida por software para gerenciar a infraestrutura, com automação eficiente de fluxo de trabalho, um painel moderno e um amplo ecossistema de parceiros. Ele elimina processos manuais complexos, estimula a colaboração da TI e aumenta a velocidade e a flexibilidade do fornecimento de serviços de TI.

A solução entrou em vigor em dois dias, diz Ensink, com mais quatro horas necessárias para fazer a configuração: “Foi brincadeira de criança. Você cria o perfil, define as configurações e pronto. O HPE OneView gerencia tudo.”

Duplica o desempenho com metade do custo

O HPE Synergy entrega imediatamente os requisitos da solução, diz Ensink: Economizamos 50% em nossos custos de licenciamento. Precisamos de 50% menos processadores e estamos vendo o desempenho melhorar em 200%. Dobramos o desempenho pela metade do custo, basicamente.

“Com o HPE Synergy Composable Infrastructure, estamos confiantes de que temos a arquitetura para o futuro. Atualmente, o HPE Synergy atende somente à nossa infraestrutura VMware. A partir de 2019, transferiremos nosso ambiente Citrix do HPE c7000s para o HPE Synergy.”

Com menos tempo gasto no gerenciamento da infraestrutura, o foco da equipe de TI está nos serviços de valor agregado aos negócios, incluindo as etapas de desenvolvimento e operações. A empresa agora está mais apta a apoiar a transformação digital de seus sete especialistas em saúde voltados para o paciente. A Espria provavelmente precisará responder a essas mudanças de maneira flexível e ágil.

“O objetivo é um ambiente completo definido por software e isso nos mantém ocupados”, conclui Ensink. “Qualquer eficiência obtida nas operações do dia a dia pode ser usada para suportar novos serviços.”

Gostou do conteúdo? Compartilhe na sua rede:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn